Soltura

Investigador e terceirizado suspeitos de usarem carro da polícia em assaltos são soltos

Os dois tinham sido presos após a polícia reunir provas e colher depoimentos de testemunhas.
Imirante.com, com informações da Mirante AM29/01/2020 às 10h36

SÃO LUÍS – O funcionário terceirizado e o investigador da Polícia Civil foram colocados em liberdade nessa terça-feira (28), após audiência de custódia.

Os dois tinham sido presos preventivamente, ontem, após a polícia reunir provas e colher depoimentos de testemunhas sobre ações criminosas das quais eles são acusados. Jairon Everton Diniz, de 46 anos, e Valdemir Damasceno Ramos, de 64, são suspeitos de cometerem assaltos e extorsão utilizando um carro da Polícia Civil.

Relembre:

Terceirizado suspeito de usar carro da polícia em assaltos volta a ser preso

Funcionário é suspeito de usar carro da Polícia Civil para praticar crimes

Funcionário terceirizado suspeito de usar carro da Polícia Civil em assaltos é solto

Eles aparecem em um vídeo gravado por vítimas que os acusam de extorsão na Cidade Operária. O trio também foi apontado pelo roubo de R$ 1.400 de uma vítima, no Centro, e o roubo de uma motocicleta em uma residência, no bairro São Raimundo.

Buscas estão sendo realizadas para prender um terceiro suspeito de envolvimento nesse esquema.

O terceirizado já tinha sido posto em liberdade na última quinta-feira (23), depois de ter sido preso, preventivamente, no dia 20 deste mês.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.