Fuga em São Luís

Fugitivo de unidade prisional é suspeito de homicídio e tortura

Segundo informações da polícia, Rony Kassio e Josué Santos orientavam seus comparsas, principalmente Anderson, a praticar crimes em São Luís.
Imirante.com13/12/2019 às 18h41
Fugitivo de unidade prisional é suspeito de homicídio e torturaJosué Santos da Silva, Rony Kassio Chaves de Araújo , Anderson da Silva Pereira. ( Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – Na desta sexta-feira (13) o detento identificado como Rony Kassio Chaves de Araújo, 29 anos, fugiu da Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 5 (UPSL5) ao jogar o lixo fora.

Leia também:

Detento foge de presídio enquanto jogava lixo fora

Em dezembro de 2017 foram cumprindos os mandados de prisão contra Rony Kassio, Anderson da Silva Pereira e Josué Santos da Silva. O trio é suspeito de formação de quadrilha e homicídio. Segundo informações da polícia, Josué Santos e Rony Kassio orientavam seus comparsas, principalmente Anderson, a praticar crimes em São Luís, inclusive na Cidade Olímpica.

O grupo criminoso é suspeito de cometer homicídio qualificado e tortura e manter em cárcere privado uma mulher, que seria namorada de um dos membros da quadrilha.

O trio, segundo a polícia, teria matado um jovem, identificado como Geovane Barros Moreno, o Dudu, na Cidade Olímpica, no dia 24 de outubro de 2016. Ainda segundo a polícia, o motivo seria um suposto envolvimento da ex-namorada de Rony Kassio com a vítima, o que feriu um dos artigos do estatuto da facção. Além da morte do jovem, a quadrilha torturou e manteve em cárcere privado a mulher de Rony Kassio, mas ela conseguiu escapar do cativeiro.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.