Educa Mais Brasil

Instituições de ensino superior privadas já podem aderir ao Prouni 2020.1

Universidades não conveniadas têm um prazo mais curto do que as que já participam do programa.
Publipost / Educa Mais Brasil11/11/2019 às 12h37
Instituições de ensino superior privadas já podem aderir ao Prouni 2020.1Neste ano, o Prouni disponibilizou cerca de 244 mil bolsas de estudo no primeiro semestre e 169 mil no segundo. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - Instituições de ensino superior que desejam ofertar vagas por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni), referentes ao primeiro semestre de 2020, têm até o dia 25 para manifestar interesse em participar. O processo teve início na quinta-feira, 7, e para as universidades que ainda não participam do programa, o prazo vai até o dia 14. A emissão de termos de adesão e aditivo ao processo seletivo está disponível na Página do Participante.

Neste ano, o Prouni disponibilizou cerca de 244 mil bolsas de estudo no primeiro semestre e 169 mil no segundo. Mais de mil instituições costumam firmar contrato com o programa para oferta do benefício semestralmente.

Sobre o Prouni

Para concorrer às bolsas do Prouni é necessário se encaixar no perfil estabelecido pelo Ministério da Educação. Os critérios envolvem desde renda do grupo familiar até notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Confira abaixo:

- ter feito o Enem do ano anterior ao da abertura de inscrições;
- ter média mínima de 450 pontos nas provas objetivas do Enem;
- obter nota maior que zero na redação do Enem;
- ter renda familiar máxima de três salários mínimos por pessoa;
- ter estudando o ensino médio em escola pública, ou;
- ter estudado o ensino médio em escola particular com bolsa integral.

O programa também atende pessoas com deficiência e professores de escolas públicas no exercício do magistério.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.