EM SÃO LUÍS

Após decisão condenatória, homicida é levado para Pedrinhas

George Bogea Lemos, de 22 anos, desferiu golpes de faca e matou Weiken Jarlison Brito Amorim, no dia 29 de março de 2016.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil 31/10/2019 às 23h22
Após decisão condenatória, homicida é levado para PedrinhasGeorge Bogea Lemos assassinou Weiken Jarlison Brito Amorim, no dia 29 de março de 2016. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - A Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), por meio do 10º Departamento Policial do bairro Bom Jesus, prendeu, nesta quinta-feira (31), George Bogea Lemos, de 22 anos. A prisão do jovem se deu em cumprimento a uma decisão condenatória, decretada pela 2ª Vara do Tribunal do Júri.

De acordo com a Justiça, George Bogea Lemos assassinou Weiken Jarlison Brito Amorim, no dia 29 de março de 2016. Na ocasião, ele teria golpeado a vítima com arma branca. O júri, então, neste ano, decidiu pela condenação de George, que deverá cumprir seis anos de reclusão.

As investigações foram concluídas na época pelo 10º DP Bom Jesus. Hoje, após a prisão, o preso foi encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas onde cumprirá a pena que lhe foi imposta.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.