SAÚDE

Maranhão é um dos 16 estados com surto ativo de Sarampo

Estado divide posição com Goiás e Distrito Federal, ambos com três casos; o sarampo é uma doença prevenível por vacinação.
IMIRANTE.COM13/09/2019 às 19h18
Maranhão é um dos 16 estados com surto ativo de SarampoSegundo o ministério, as crianças são as mais suscetíveis às complicações e óbitos por sarampo. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS – O Maranhão tem registrado três casos de sarampo e é um dos 16 estados com surto ativo da doença, de acordo com balanço divulgado nesta sexta-feira (13) pelo Ministério da Saúde. Goiás e Distrito Federal ocupam a mesma posição no ranking, ambos com a mesma quantidade de casos.

No total, o Brasil tem 3.339 casos confirmados de sarampo nos 16 estados, todos eles computados nos últimos 90 dias. Atualmente, o estado de São Paulo é o único estado da federação com um número explosivo, mas proporcional, de casos de Sarampo: são 3.254, o corresponde a 97,5% do total de registros no país.

Só neste ano, já foram confirmados quatro mortes por sarampo no Brasil. Três em crianças com menos de 1 ano de idade e um homem de 42 anos. Nenhum dos quatro haviam sido vacinados – realidade que traz à tona, mais uma vez, a importância de ir aos postos de saúde para se vacinar.

Leia também:

Prefeitura de São Luís divulga unidades de referência para vacinação contra o sarampo

Postos de saúde de SL oferecem vacina que protege contra o sarampo

Terceiro caso de Sarampo é confirmado no Maranhão

Segundo o ministério, as crianças são as mais suscetíveis às complicações e óbitos por sarampo, uma vez que a incidência de casos em menores de 1 ano é 9 vezes maior em relação à população em geral. A segunda faixa etária mais atingida é de 1 a 4 anos.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, diz que é importante vacinar crianças menores de 5 anos porque apresentam maior risco de desenvolver complicações, como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos.

O Ministério da Saúde enviou neste ano 19,4 milhões de doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola. A tríplice viral está disponível em todos os mais de 36 mil postos de vacinação em todo o Brasil.

Campanha vacinação 2019

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo vai ocorrer de 7 a 25 de outubro e o público-alvo são crianças de 6 meses a menores de 5 anos. O dia D – dia de mobilização nacional – vai ser em 19 de outubro. Já a segunda etapa, de 18 a 30 de novembro, o foco é a população de 20 a 29 anos. O dia D ocorrerá em 30 de novembro.

Estados com surto ativo

São Paulo (3.254), Rio de Janeiro (18), Pernambuco (13), Minas Gerais (13), Santa Catarina (12), Paraná (7), Rio Grande do Sul (7), Maranhão (3), Goiás (3), Distrito Federal (3), Mato Grosso do Sul (1), Espírito Santo (1), Piauí (1), Rio Grande do Norte (1), Bahia (1), Sergipe (1).

O que é sarampo?

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

Os principais sintomas do sarampo são:

- febre acompanhada de tosse;

- irritação nos olhos;

- nariz escorrendo ou entupido;

- mal-estar intenso;

Como prevenir o sarampo?

O sarampo é uma doença prevenível por vacinação. Os critérios de indicação da vacina são revisados periodicamente pelo Ministério da Saúde e levam em conta: características clínicas da doença, idade, ter adoecido por sarampo durante a vida, ocorrência de surtos, além de outros aspectos epidemiológicos.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.