Sentença

Acusado de matar criança em acidente é condenado pelo júri popular

Carlos Diego Araújo Almeida foi condenado a 11 anos e 1 mês de reclusão por homicídio doloso no acidente que matou Laura Marão, de 8 anos.
Imirante.com, com informações da Assessoria do Fórum 14/08/2019 às 20h47
Carlos Diego foi submetido a júri popular. Foto: Reprodução.

SÃO LUÍS - Foi levado, nesta quarta-feira (14), a juri popular o auxiliar administrativo Carlos Diego Araújo Almeida, de 25 anos, acusado de ter provocado o acidente que matou Laura Marão, de 8 anos, na madrugada do dia 26 de abril de 2015, na avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís.

Leia também:

Morre menina Laura após acidente de trânsito em São Luís

Acidente deixa pai e gêmeos feridos, em São Luís

Carlos Diego Araújo Almeida foi condenado a 11 anos e 1 mês de reclusão por homicídio doloso de Laura Burnett Marão e por lesão corporal grave de Felipe Burnett Marão. O réu deve cumprir imediatamente a pena, em regime fechado, sendo negado o direito de recorrer em liberdade.

Carlos Diego sentado no canto da sala ao lado do seu advogado. Foto: Divulgação.



A sessão de julgamento foi presidida pelo juiz Flávio Roberto Ribeiro Soares que responde pela 4ª Vara do Tribunal do Júri, atuou na acusação o promotor de Justiça Samaroni Maia, assistido pelos advogados Rafael Sauaia e Melhem Saad. Na defesa do réu autuou o advogado José dos Santos Sobrinho.

Laura Marão morreu dias depois do acidente. Foto: Arquivo.

Assista ao vídeo do momento da sentença:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.