Prisão

Duas mulheres são presas em flagrante por estelionato em São Luís

Prisão foi realizada em uma agência bancária na Rua Grande, Centro de São Luís.
Imirante.com11/06/2019 às 23h46

SÃO LUÍS – A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), efetuou, na tarde de segunda-feira (10), a prisão em flagrante de Diolinda Belfort dos Santos e Maria de Lourdes Belfort Tavares por estelionato previdenciário em São Luís.

De acordo com a SEIC, Diolinda dos Santos e Maria de Lourdes Tavares estavam em uma agência bancária na Rua Grande, no Centro de São Luís, apresentando documentação com indícios de fraude, para efetuar um saque bancário. Investigadores do Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO) estiveram no local e constataram que Diolinda estava com uma identidade no nome de Eulina Macedo Belfort.

Em consulta aos bancos de dados, os investigadores constataram que a foto das duas identidades de Diolinda dos Santos eram idênticos e que a mulher recebia benefício previdenciário nos dois nomes. Diante dessa situação, foi efetuada a prisão em flagrante de Diolinda, que contava com a colaboração de sua sobrinha Maria de Lourdes Tavares.

A continuidade das investigações contra Diolinda dos Santos e Maria de Lourdes Tavares caberá à Polícia Federal, já que se trata de um crime contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), uma autarquia federal.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.