Prisão temporária

Suspeito de praticar latrocínio no Ceará é preso no Maranhão

O crime foi praticado no município de Pacatuba no dia 26 de fevereiro de 2019.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil 15/05/2019 às 14h43
Suspeito de praticar latrocínio no Ceará é preso no MaranhãoAlailton Sousa de Araújo, conhecido como “Bodó”, de 28 anos. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – Nessa terça-feira (14), a Polícia Civil, por meio da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), deu cumprimento a mandado de prisão temporária contra Alailton Sousa de Araújo, conhecido como “Bodó”, de 28 anos.

Segundo a polícia, o mandado de prisão é oriundo da 2ª Vara da Comarca de Pacatuba, no Estado do Ceará, pelo crime de latrocínio.

Ainda de acordo com a Polícia Civil do Maranhão, o crime foi praticado no município de Pacatuba no dia 26 de fevereiro de 2019, sendo que após o latrocínio, Alailton Sousa evadiu-se do local e se instalou em São Luís.

Ao saber do paradeiro de Alailton, a Polícia Civil do Ceará solicitou auxílio da SHPP, no Maranhão, que prontamente deu cumprimento ao mandado de prisão.

Após realizados os trabalhos, Alailton Sousa de Araújo foi encaminhado ao Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, onde ficará preso, à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.