Investigação

Assassinato de motorista em São Luís não tem relação com profissão, afirma delegado

Diego Ribeiro da Silva foi assassinado na região de Pedrinhas na terça-feira (7).
Imirante.com, com informações da Mirante AM08/05/2019 às 14h49
Assassinato de motorista em São Luís não tem relação com profissão, afirma delegadoMotorista de aplicativo foi assassinado na terça-feira (7), em São Luís. (Divulgação)

SÃO LUÍS – Em entrevista à rádio Mirante AM na tarde desta quarta-feira (8), o delegado George Marques, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), deu mais detalhes sobre o assassinato do motorista de aplicativo Diego Ribeiro da Silva, de 35 anos, na região do bairro de Pedrinhas, em São Luís. Inicialmente, as investigações apontavam que Diego Ribeiro teria sido vítima de um latrocínio, mas a polícia apurou que o crime não tem relação com a profissão

Leia também:

Motorista de aplicativo é assassinado a tiros na Liberdade

Presos acusados de assaltos a motoristas de aplicativos em São Luís

Após ser assaltado, motorista de aplicativo recupera veículo

Lado obscuro: assédio e insegurança na rotina de motoristas

“A vítima estava dentro do carro com a namorada, foi deixá-la em casa. Ele já tinha morado no bairro. O autor do crime fez os disparos após perceber que ele estava dentro do carro, não tem nada a ver com questão profissional. Já sabemos até quem é o autor do crime, possivelmente é um adolescente”, afirmou o delegado George Marques, da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

Em nota divulgada pela manhã, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) confirmou que o suspeito de efetuar os disparos contra Diego Ribeiro da Silva já tinha sido identificado e informou que policiais estão em diligências para localizar e prender o autor do crime.

Entenda o caso

Na noite dessa terça-feira (7), um motorista de aplicativo foi assassinado a tiros, na região de Pedrinhas, em São Luís. A vítima foi identificada como Diego Ribeiro da Silva, que era morador do bairro Cohafuma.

Segundo informações policiais, Diego Ribeiro foi surpreendido quando chegou na travessa do Norte, Vila Cabral, região do bairro de Pedrinhas, e foi atingido com três tiros na cabeça. O motorista foi socorrido por populares e levado ao Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.