Em São Luís

Polícia cumpre mandados de prisão contra acusados de aplicar golpes pelo WhatsApp

Leonel Silva Pires Júnior, que já estava preso, foi um dos alvos dos mandados de prisão.
Imirante.com16/04/2019 às 18h10

SÃO LUÍS - A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), deu cumprimento a sete mandados de prisão preventiva, em São Luís, expedidos pela Vara de Combate ao Crime Organizado.

Grupo preso. / Foto: Divulgação.

Os mandados, cumpridos neste terça-feira (16), foram contra: Hallen Deivid Cosmo Nascimento, Leonel Silva Pires Júnior, Anderson Sombra Azevedo, Markuel Pereira de Sousa, Rudson Jauário Serra, Adriano César Pereira e Hilton César Moares Costa. O grupo é acusado de praticar golpes pelo aplicativo WhatsApp.

Saiba mais sobre o caso:

Polícia Civil conclui inquérito sobre o golpe do WhatsApp

Solto advogado de bando que aplicava golpes via WhatsApp

Suspeito de aplicar golpes pelo WhatsApp é preso mais uma vez em São Luís

Cuidado! Aplicativo de celular é usado por golpistas em ações criminosas no MA​

Sendo que os presos Leonel Silva Pires Júnior, e Anderson Sombra Azevedo já se encontravam presos por cumprimento de outros mandados de prisão, provenientes do Estado de Santa Catarina.

Leonel Silva Pires Júnior. / Foto: Divulgação.

Já Hallen Deivid Cosmo Nascimento está preso desde de janeiro, por prisão em flagrante por clonagem de WhatsApp.

A polícia ainda está à procura de Ayrton da Silva Dias, Mauro Sérgio Diniz Gaspar, Érick Raphael Reis Teixeira e Ivanilde Nogueira Amaral, que até o presente momento não foram localizados, sendo considerados foragidos da Justiça.

Ouça, na reportagem de Alessandra Rodrigues da Mirante AM, mais detalhes sobre o caso.


Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.