99 Ppo e MaryDrive

Empresas de aplicativo de transporte aprovam regulamentação em São Luís

As empresas se pronunciaram sobre a novidade, elogiando o texto aprovado.
Imirante.com, com informações da Câmara de São Luís27/02/2019 às 14h27
Empresas de aplicativo de transporte aprovam regulamentação em São LuísProjeto de Lei nº 001/2017 foi aprovado, por unanimidade, na tarde dessa terça-feira (26). (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - Após a Câmara Municipal de São Luís aprovar, por unanimidade, na tarde dessa terça-feira (26), o Projeto de Lei nº 001/2017, que regulamenta o transporte individual de passageiros com uso de aplicativos de celular, duas das três empresas que prestam os serviços na capital maranhense se pronunciaram sobre a novidade, elogiando o texto aprovado.

A 99 Pop, que além de motoristas particulares, atende também a taxistas, informou, por meio de nota, considerar que a medida "representa um avanço para a mobilidade urbana".

No comunicado, a empresa também manifestou seu apoio à eficiente regulação aprovada, destacando que o modelo proposto pelos vereadores ludovicenses "pode se tornar exemplo para outras cidades do Norte e Nordeste do Brasil".

Abaixo, leia a nota na íntegra.

“A 99 manifesta seu apoio à eficiente regulação aprovada hoje em São Luís, pela Câmara Municipal. Após um debate maduro entre poder público e sociedade civil, o resultado é um avanço para a mobilidade urbana e inovação da capital maranhense.

O aplicativo ainda reforça que o modelo proposto em São Luís pode se tornar exemplo para outras cidades do Norte e Nordeste do Brasil.”

Já a MaryDrive afirma que a regulamentação é um avanço não só para os motoristas como, também, para os passageiros.

Abaixo a nota da MaryDrive

A MaryDrive recebe a notícia da regulamentação dos aplicativos de mobilidade urbana como uma grande manifestação de “boas vindas”. Chegar em São Luís e saber que o serviço será regulamentado é um avanço não só para os motoristas como, também para os passageiros. Parabenizo os vereadores pelo modelo proposto e por compreender e acatar a demanda da população. Felipe Martins, CEO da marca.

A Uber também se posicionou a favor e afirmou que trata-se de uma proposta "moderna e positiva, que vai beneficiar motoristas parceiros e usuários de aplicativos de mobilidade, como o Uber, na cidade".

Veja a nota da Uber na íntegra

Após intensos debates, a Câmara dos Vereadores de São Luís aprovou uma regulamentação moderna e positiva, que vai beneficiar motoristas parceiros e usuários de aplicativos de mobilidade, como o Uber, na cidade.

Os vereadores optaram por vetar limites restritivos, como número máximo de veículos autorizados a circularem na cidade, e deixaram em 8 anos a idade máxima permitida para os veículos que operam com as plataformas: uma idade bem mais condizente com a realidade local que o limite de 5 anos que chegou a ser debatido.

Por outro lado, permaneceu a restrição a veículos emplacados fora do município de São Luís, medida que deve afetar motoristas parceiros que moram na região metropolitana e ficarão impedidos de circular na capital.

A Uber aguarda agora a sanção do projeto e segue em sua missão de oferecer uma opção confiável e acessível de mobilidade para todos, colaborando com o poder público na construção de regulações modernas, que abracem a tecnologia e contribuam para o bem das pessoas e das cidades.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.