Celulares clonados

Suspeito de aplicar golpes pelo WhatsApp é preso mais uma vez em São Luís

Após ter sido solto no ano passado, o suspeito voltou a praticar o mesmo crime.
Imirante.com, com informações da Mirante AM15/02/2019 às 08h58
Suspeito de aplicar golpes pelo WhatsApp é preso mais uma vez em São LuísLeonel Silva Pires Júnior, preso em São Luís. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Foi preso mais uma vez um homem suspeito de aplicar golpes pelo WhatsApp. A prisão de Leonel Silva Pires Júnior ocorreu na manhã de hoje (15), no condomínio onde ele mora no bairro Turu, na capital maranhense.

Anteriormente, ele havia sido capturado durante uma operação da Polícia Federal, na capital, ocorrida em julho de 2018 para prender integrantes de uma organização criminosa especializada em aplicar golpes pelo aplicativo. Ele foi solto após pagar fiança e ter habeas corpus deferido.

De acordo com a polícia, na época, o cerco policial foi um desdobramento de um pedido de investigação que partiu de ministros do governo Michel Temer após terem celulares clonados.

O esquema da quadrilha funcionava da seguinte forma: eles enviavam mensagens aos contatos com pedidos de depósitos bancários. No total, cerca de 20 deputados estaduais e federais, ministros do governo federal e a governadora do Paraná, Maria Aparecida Borghetti, foram alvos do bando.

Desta vez, ele é suspeito de aplicar golpe semelhante em celulares de autoridades do Estado Santa Catarina. Informações preliminares dão conta de que um advogado também foi preso.

A operação é desencadeada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e pela polícia de Santa Catarina.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.