Mandado de prisão

Jovem é acusado de emprestar arma a assaltantes de escola

Lucas Sousa Teixeira é acusado de ter emprestado a arma usada no assalto à escola pública estadual Lara Ribas.
Liliane Cutrim/Imirante.com*10/01/2019 às 16h30
Lucas Sousa Teixeira,19 anos. / Foto: Divulgação.

SÃO LUÍS – Na tarde desta quinta-feira (10), a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), cumpriu mandado de prisão contra Lucas Sousa Teixeira,19 anos, acusado de ter envolvimento no assalto à escola pública estadual Lara Ribas, no bairro do Santo Antônio, no dia 5 de novembro de 2018.

Centro de Ensino Lara Ribas, no bairro do Santo Antônio, em São Luís. / Foto: Divulgação.

Na ocasião, quatro pessoas armadas invadiram a escola e fizeram um “arrastão”, levando bens da escola, além de dinheiro e celulares de alunos, professores e de outros funcionários da instituição, sendo que de uma professora eles levaram R$ 2 mil. De acordo com a polícia, parte dos celulares e uma TV levada da escola, já foram recuperados.

Saiba mais sobre o caso:

Bandidos levaram pânico a escola pública da capital

Um dia após assalto, clima é de medo no Lara Ribas

Colégio reinicia aulas após ação de assaltantes

Preso três participantes do assalto ao Colégio Lara Ribas

Segundo informações do delegado Thiago Dantas, titular da DRF, Lucas Sousa Teixeira já está preso desde 28 de dezembro de 2018, quando foi detido por associação criminosa armada. De acordo com Dantas, no dia da prisão, Lucas estava em posse de uma arma de fogo que foi usada no assalto à escola. Agora, ele vai continuar preso, em cumprimento ao mandado de prisão como acusado de participação no assalto à unidade de ensino

Ainda segundo o delegado da DRF, Lucas Sousa assumiu, em depoimento à polícia, ter envolvimento no assalto ao Centro de Ensino Lara Ribas, pois a arma usada no crime foi emprestada por ele aos assaltantes, sendo que, como pagamento pelo empréstimo ele recebeu um aparelho celular. Lucas ainda confirmou a participação de Dérvison Gomes Rabelo, Gredson Silva Medeiros e Igor Torquato Sousa no assalto, os quais já estão presos desde o dia 13 de novembro de 2018. Além de confirmar, também, a participação de um adolescente no caso.

Ainda de acordo com o delegado Thiago Dantas, dos cinco envolvidos no crime, quatro já foram presos, falta apenas identificar e apreender o adolescente apontado como integrante do grupo criminoso.

Ouça, na reportagem de Alessandra Rodrigues, da rádio Mirante AM, mais detalhes sobre o caso.

*Com informações da rádio Mirante AM.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.