Diabetes

Jornal O Estado promove Dia D do Diabetes no São Luís Shopping

A campanha traz serviços e informações sobre a doença no dia 14 de novembro.
Imirante.com, com informações da Assessoria09/11/2018 às 09h21
Jornal O Estado promove Dia D do Diabetes no São Luís Shopping

O jornal O Estado do Maranhão promove dia 14 de novembro – Dia Mundial do Diabetes - uma campanha com serviços e informações sobre a doença. O evento vai contar com a participação de multiespecialidades médicas que contribuem para a prevenção e tratamento da diabetes.

Entre as especialidades presentes, oferecendo pré- consultas, estarão: Endocrinologia, Oftalmologia, Dermatologia e Odontologia. O público visitante terá acesso gratuitamente a exames de “ fundo de olho”, teste de glicemia, e muito mais.

Sobre o evento

Dia: 14 de novembro (quarta-feira)
Local: São Luís Shopping (antiga loja da SOL informática)
Horário: 10h - 22h
Serviços gratuitos de pré-consulta em endocrinologia, dermatologia, oftalmologia e odontologia

O que é Diabetes?

O diabetes é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose (açúcar) no sangue. O diabetes acontece porque o pâncreas não é capaz de produzir o hormônio insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou porque este hormônio não é capaz de agir de maneira adequada (resistência à insulina). A insulina promove a redução da glicemia ao permitir que o açúcar que está presente no sangue possa penetrar dentro das células, para ser utilizado como fonte de energia. Portanto, se houver falta desse hormônio, ou mesmo se ele não agir corretamente, haverá aumento de glicose no sangue e, consequentemente, o diabetes.

Número da Diabetes no Brasil

Nos últimos 11 anos, o número de homens com diabetes cresceu em 54% no Brasil, enquanto o percentual de mulheres aumentou apenas 28,5% no mesmo período. Os dados do Ministério da Saúde apontam ainda, que o indicador de diabetes é maior entre aqueles que frequentaram a escola por até oito anos (14,8%), e que aumenta com a idade, especialmente em idosos com mais de 65 anos (24%). Entre as capitais brasileiras, a parcela masculina da população de Boa Vista (9%), Belo
Horizonte (8,6%) e Porto Alegre (8,3%) detém os maiores índices de diabetes, enquanto a de Palmas (3,7%), Cuiabá (4,2%) e Teresina (4,6%), os menores. Já a população feminina de Vitória (10,3%), Rio de Janeiro (10,3%) e Recife (8,8%) apresenta maior número de diagnósticos da doença, e as de Palmas (5,1%), Macapá (5,2%) e Florianópolis (5,6%) o menor. De 2010 e 2016, mais de 400 mil mortes foram causadas pelo diabetes no país.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.