Investigação

Mais de 40 assaltos a residências registrados na Grande Ilha no mês de janeiro

Os casos registrados diminuíram, mas os crimes ainda preocupam por causa da violência dos criminosos.
Imirante.com, com informações da Mirante AM23/02/2018 às 16h43
Mais de 40 assaltos a residências registrados na Grande Ilha no mês de janeiroDe acordo com informações do delegado Thiago Dantas, titular da DRF, em janeiro de 2016 foram registrados 107 roubos a residências. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS – O número de assaltos a residências na região Metropolitana de São Luís diminuiu, segundo a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), se comparado os dados de janeiro de 2018, 2017 e 2016. No entanto, os casos ainda a preocupam devido à violência com que os crimes são praticados.

Leia também:

DRF cumpre mandados de prisão de assaltantes de residência

DRF cumpre mandados de prisão de assaltantes de residência

Polícia prende homem acusado de estupros e roubos a residências

Justiça determina prisão preventiva a acusados de roubar residências

De acordo com informações do delegado Thiago Dantas, titular da DRF, em janeiro de 2016 foram registrados 107 roubos a residências, enquanto que em janeiro de 2017 foram 67 e em 2018 foram registrados 41. “A gente percebe que há um decréscimo nos números e esperamos conseguir reduzir ainda mais esses números”, afirma o delegado.

Ainda segundo Thiago Dantas, São Luís, pela extensão territorial e quantidade de bairros residenciais, é o que sofre mais com esse tipo de crime. “Em janeiro deste ano foram registrado, só em São Luís, 34 ocorrências. Em São José de Ribamar foram quatro e Paço do Lumiar tiveram três. Já em Raposa não houve registro”, explicou.

Um dos casos mais recentes de roubo a residência na região Metropolitana de São Luís foi um assalto que aconteceu no fim de semana em uma casa no bairro do Araçagi, onde dois assaltantes armados invadiram uma residência e renderam a família. Os criminosos subtraíram vários produtos de valor e fugiram levando o carro das vítimas. O veículo foi abandonado na região da Vila Luizão.

Thiago Dantas afirma que a equipe da DRF está trabalhando nesse e em outros casos, no intuito de prender os responsáveis e fazer o controle desse tipo de ocorrência.

Ouça a entrevista que o delegado Thiago Dantas deu na rádio Mirante AM falando sobre o assunto:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.