Desvio de Dinheiro

Cinco envolvidos na Operação Pegadores têm prisão prorrogada

Entre os que devem continuar presos, a ex-subsecretária de Saúde de Flávio Dino, Rosângela Curado.
Imirante.com21/11/2017 às 07h17

SÃO LUÍS - A Justiça prorrogou a prisão de cinco envolvidos na operação Pegadores. São eles, Rosângela Aparecida Barros Curado, Antônio Augusto Silva Aragão, Ideide Lopes de Azevedo Silva, Luiz Marques Barbosa Junior e Mariano de Castro Silva.

Leia mais:

PF aponta desvios de R$ 18 milhões no Governo Flávio Dino

Pegadores: prisão de envolvidos foi pedida desde novembro de 2016

Secretário de Saúde, Carlos Lula, sabia do esquema, diz PF

A decisão é da juíza federal Paula Souza Moraes da 1ª Vara da Justiça Federal do Maranhão. A operação desmontou um esquema de desvio de dinheiro público do Fundo Nacional de Saúde vindos para o Governo do Maranhão.

Uma decisão da Justiça Federal determinou a prisão temporária de 17 pessoas suspeitas de participar de esquema que já desvio mais de R$ 18 milhões da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Pelo que investigou a PF, quem comandava o esquema era a ex-subsecretária de Saúde de Flávio Dino, Rosângela Curado. Ela exerceu o cargo de janeiro a setembro de 2015, mas mesmo fora conseguia ainda usar de influência política para desviar verba pública da Saúde.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.