Motivação do crime

Morte de morador de rua foi causada por rixa, diz delegado

Homem foi esfaqueado em matagal e morreu na calçada da Delegacia de Homicídios.
Imirante.com, com informações da Mirante AM22/12/2016 às 18h28

SÃO LUÍS – Após a prisão de Thiago Oliveira Guimarães, 26 anos, nesta quinta-feira (22), acusado de matar o jovem Sidney Ferreira Minan, conhecido como "Roni", a golpes de faca, próximo à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro de São Luís, a polícia conseguiu descobrir a motivação do crime.

Entenda o caso:

Homem é morto a facadas perto da Delegacia de Homicídios

Identificado homem que matou morador de rua a facadas

Segundo a Polícia Civil, Thiago contou que matou Roni porque a vítima estaria ameaçando ele e sua companheira, identificada como Alice. “Havia uma rixa entre eles. Segundo o autor, a vítima já tinha corrido atrás de Alice, jogando pedra nela. Além disso, Roni já teria tentando esfaquear tanto Alice quanto Thiago. Dessa vez, o caso ficou fora de controle, o que fez Thiago pegar uma faca e cometer o homicídio. Tanto Roni, quanto Thiago e Alice são moradores de rua e usuários de drogas”, contou o delegado Estefânio Aragão em entrevista à rádio Mirante AM.

Ainda de acordo com o delegado, Thiago esfaqueou Sidney em um matagal próximo à DHPP, porém, ao tentar fugir do assassino, a vítima correu e acabou caindo na calçada da Delegacia, onde morreu minutos depois. “Ao cair aqui na porta da Delegacia, a equipe de plantão correu para socorrer a vítima, a qual só teve tempo de dizer aos investigadores quem tinha lhe esfaqueado e depois morreu. Ele só disse assim: ‘Foi o Carioca’”, contou Estefânio Aragão.

Thiago Oliveira Guimarães foi ouvido e encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficará à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.