Crime

Presos ex-PM e filho de policial civil por extorsão

Três suspeitos se passavam por agentes federais. O terceiro, um sargento da PM-MA da ativa, está foragido.
Imirante.com09/06/2016 às 11h48

SÃO LUÍS - A Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos (Diae) efetuou a prisão de dois suspeitos de cometerem crime de extorsão. Segundo a polícia, eles se passavam por agente federais ou do Serviço de Inteligência da polícia para oferecer "proteção" a pessoas que possuíam algum tipo de pendência, em troca de dinheiro.

Segundo o delegado do 5º Distrito Policial, Walter Wanderley, as prisões aconteceram após o relato de uma das vítimas, eles chegaram apresentado o brasão da Polícia Militar, invadiram a sua residência, solicitaram o valor de R$ 10 mil para saírem e roubaram objetos. A vítima entregou os R$ 2,3 mil que tinha em sua residência e foi agredida verbalmente por eles.

Os suspeitos foram identificados como Willame de Souza Belgas (ex-PM) e Rafael Fontinele Ferraz (filho de um policial civil), além do sargento da PM-MA da ativa, identificado como Jorge Benedito Pinho Souza, que se encontra foragido.

A polícia apreendeu com os suspeitos 16 cartões de crédito e de Previdência Social de instituições variadas e em nomes de várias pessoas; cinco CPFs em nomes de pessoas diversas; quatro carteiras de identidade da PM-MA, sendo adulterada em nome de Rafael Ferraz; duas CNHs em nome de Rafael; nove carteiras de identidade em nomes de várias pessoas; dois passaportes; cinco carteiras de trabalho e Previdência Social; e objetos como relógios, chaves de veículos, quantia de R$ 170, uma arma de fogo de brinquedo, celulares, além de dois veículos modelos EcoSport e Ka.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.