Protesto

Comunidade pede segurança: “quantos inocentes terão que morrer?”

Na última terça, um comerciante foi morto no Cruzeiro de Santa Bárbara.
Imirante.com09/05/2016 às 08h44
Moradores pedem justiça após latrocínio no bairro. Foto: Aldesângela Bruna/WhatsApp (99209-2383).

SÃO LUÍS – A comunidade do bairro Cruzeiro de Santa Bárbara protesta, na manhã desta segunda-feira (9), contra a insegurança na região. Na última terça-feira (3), um comerciante foi vítima de latrocínio no bairro.

Raimundo Nonato Corrêa, de 69 anos, foi surpreendido, durante a noite, por dois bandidos, que levaram o celular dele e a renda do comércio.

Hoje, dezenas de moradores realizam uma manifestação com cartazes que pedem paz e justiça. “Quantos inocentes terão que morrer?”, estampa um deles.

População sai ás ruas pedindo segurança. Foto: Aldesângela Bruna/WhatsApp (99209-2383).

Em nota, a Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), por meio do Comando de Policiamento Metropolitano II, informou "que vai reforçar a realização de operações em toda Zona Rural de São Luís, o que inclui o bairro de Cruzeiro de Santa Bárbara. Atualmente, o policiamento na área é feito com uma viatura que realiza rondas diuturnas na área".

A PM comentou, ainda, sobre a importância do registro de ocorrências quando houver ações criminosas, acionando o 190.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.