Operação da Polícia Civil do Maranhão

São Luís: homem é preso por explosão de caixas eletrônicos no DF e Bahia

Júlio fugiu de Brasília e veio para o Bairro de Fátima, em São Luís, onde tem parentes.
Imirante, com informações da Mirante AM20/11/2015 às 19h02

SÃO LUÍS – Um homem, identificado como Júlio Max de Jesus Moraes, foi preso nesta sexta-feira (20), suspeito de ser um assaltante de banco interestadual.

“O Júlio Max e sua quadrilha, formada por 18 integrantes, eles praticaram só este ano, 33 explosões a caixas eletrônicos no Distrito Federal bem como explosões na Bahia. Após essas explosões, que rendeu para a quadrilha mais de R$ 2 milhões, a Polícia Civil do DF conseguiu prender parte dessa quadrilha e a outra parte estava foragida. O Júlio fugiu de Brasília e veio aqui para o Bairro de Fátima onde tem familiares”, explicou o superintendente Estadual de Investigação Criminal (Seic), delegado Tiago Bardal.

O suspeito foi preso durante uma operação da Polícia Civil do Maranhão em conjunto com a Polícia Civil do Distrito Federal, em cumprimento a alguns mandados de prisão.

Segundo Tiago Bardal, investigações apontam que Júlio Max de Jesus Moraes e sua quadrilha pretendiam começar a agir no Maranhão também.

Em entrevista à rádio Mirante AM, o superintendente da Seic conta detalhes do caso. Ouça:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.