Desocupação

Operação retira bares que ficam sob a Ponte Bandeira Tribuzzi

Promotor afirma que o local serve como “ponto de venda de drogas”.
Imirante.com29/10/2015 às 09h46

SÃO LUÍS – Uma operação de retirada de 16 bares instalados debaixo da Ponte Bandeira Tribuzzi, na capital maranhense, foi realizada na manhã desta quinta-feira (29).

Segundo o sub-prefeito da região do Centro, Fábio Henrique Carvalho, todos já haviam sido notificados pelo Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e pela Prefeitura de São Luís. A ação é realizada pela Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e pela Blitz Urbana.

A ação foi marcada, ainda, por divergência. A secretária das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Flávia Alexandrina, esteve no local para tentar uma articulação. Ela explicou que há um projeto para entregar quiosques aos donos de bares.

“A intenção não é desrespeitar a ação do Ministério Público em parceria com a prefeitura. O que ficou combinado aqui é que eles teriam mais uma semana para procurar alugueis comerciais. Eu vou trbaalhar junto com eles para que encontrem um local provisório”, declarou. Ouça a entrevista da secretária à Rádio Mirante AM:



O promotor Cláudio Cabral decidiu manter a ação de desocupação afirmando que o local serve como “ponto de venda de drogas”. Ouça a entrevista:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.