Pontos de ônibus de SL

Paradas de ônibus danificadas causam desconforto para usuários

O Imirante.com deu um giro pela cidade e registrou alguns desses casos de abandono, depredação e ação do tempo.
Ana Beatriz Santos / Imirante.com14/10/2015 às 18h20
. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.

SÃO LUÍS – Quem depende do transporte público de São Luís, sabe que está sujeito a passar por todo tipo de experiência diariamente. São ônibus lotados, com péssimas estruturas e, para completar, assaltos constates. Mas, antes de embarcar, o passageiro tem que lidar com outro problema: as paradas de ônibus danificadas.

A área de embarque e desembarque, em diversos pontos da capital, tem causado desconforto nos usuários. O Imirante.com deu um giro pela cidade e registrou alguns desses casos de abandono, depredação e ação do tempo.

No bairro do Anjo da Guarda, um acidente de carro afetou a estrutura da para de ônibus. Segundo informações de um morador da área, isso foi há duas semanas. Desde então, ninguém apareceu para reparar os danos. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.

Ainda na avenida dos Portugueses, outro ponto de ônibus não possui assento. Os usuários, entre eles idosos e gestantes, esperam pelo ônibus em pé. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.

Em outros casos, na mesma avenida citada anteriormente, existe lugar para sentar. Entretanto, a área possui um imenso buraco em sua estrutura.. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.

Em outro ponto da cidade, na avenida Vitorino Freire, os passageiros se deparam com a mesma situação: nada de assentos. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.
Na avenida Jerônimo de Albuquerque, a situação não é muito diferente. Um dos registros mostra a falta de teto no ponto de ônibus. O que serviria para proteger do sol ou da chuva, não está servindo para nada. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.
Bem próximo do local, em outra parada, o assento está bastante amassado, o que obriga o passageiro a esperar o ônibus em pé. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.
Mais adiante, só restou a estrutura do que um dia foi um ponto de ônibus. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.
A cena se repete do outro lado da mesa avenida. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.
O que restou foi, apenas, uma cadeira. Mas que não pode ser usada, por estar danificada. A imagem foi registrada na avenida Daniel de La Touche, no bairro da Cohama. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.
No bairro da Ilhinha, existe, apenas, a placa sinalizando que o local é uma parada de ônibus. Foto: Ana Beatriz Santos / Imirante.com.

Em nota, a Prefeitura de São Luís informa que os pontos de ônibus citados serão contemplados pelo projeto de 1000 novos abrigos.

Leia a nota na íntegra

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) informa que todos os casos citados, bem como outras situações em que os abrigos se encontram avariados, serão contemplados pelo projeto de 1000 novos abrigos que serão implantados na cidade e se encontram atualmente em estágio de licitação.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.