UEB João de Sousa Guimarães está depredada

Professores e alunos reclamam do descaso em escola de São Luís

Escola está fechada, pois já foi invadida por criminosos várias vezes este ano.
Imirante.com02/10/2015 às 17h30

SÃO LUÍS - Professores e alunos da UEB João de Sousa Guimarães, no bairro da Divineia, reclamam do descaso do poder público. Segundo eles, a escola foi invadida por criminosos diversas vezes este ano e, na última invasão, os bandidos levaram aparelhos de som, TV e DVD. Por causa da insegurança, o colégio está de portas fechadas.

Foto: Divulgação

“Estamos paralisados até que os vigilantes voltem. Sou professor da Unidade e todos estão revoltados com essa situação. A Semed (Secretaria Municipal de Educação) prometeu vigilantes para hoje (28 de setembro), mas até agora nada Paralisamos semana passada e decidimos só voltar com os vigilantes nas escolas”, afirma o professor que preferiu não identificar-se.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A situação preocupa os pais de muitos alunos, já que o calendário escolar está comprometido. Em entrevista à TV Mirante, o pedreiro Manoel Francisco demonstra preocupação com a suspensão das aulas. “Não explicam nada. Não tem previsão. Eu sempre venho aqui e pergunto quando as aulas vão voltar, mas nunca dão previsão. É difícil entender”, reclamou.

Por meio de nota, a Secretaria de Educação de São Luís (Semed) informou que o serviço de vigilância já foi regularizado na Unidade de Educação Básica João de Souza Guimarães e que a escola retomará as aulas na segunda-feira (5). A Semed esclareceu ainda que os dias letivos perdidos serão repostos, mediante calendário elaborado após diálogo com a comunidade escolar e que o serviço de vigilância será reimplantado gradativamente nas unidades de educação básica da rede municipal.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.