Segundo advogado:

Advogado diz que Lidiane se escondeu em meio ao desespero

Carlos Sérgio ressaltou que não há razões para prisão preventiva.
Imirante.com, com informações da Mirante AM25/08/2015 às 09h21

SÃO LUÍS – O advogado Carlos Sérgio de Carvalho, que assumiu a defesa da prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, nessa segunda-feira (24), falou sobre o caso, em entrevista à Rádio Mirante AM, na manhã desta terça-feira (25).

Ele alegou que Lidiane não fugiu, mas se escondeu em meio a uma situação de desespero. “Ela tomou essa súbita decisão de se esconder até que a situação fosse esclarecida. Mas a possibilidade de apresentação é sempre considerada”, explicou.

Leia também:

PF estima que esquemas em Bom Jardim desviaram cerca de R$ 15 mi

"Prefeita ostentação" do Maranhão vira piada na internet

Prefeitura de Bom Jardim está sem administrador, e ninguém pode assumir cargo

Foragida, Lidiane Leite só pode ser afastada pela Câmara a partir de domingo

Ele acrescentou que ela não se encontra em uma situação confortável, apesar de ainda não ter tido um encontro pessoal com a prefeita. “Ela está acuada, isolada e com muita angústia”, disse.

O advogado, ainda, negou que ela tenha adquirido bens com dinheiro público. Para justificar o estilo de vida que Lidiane estampava nas redes sociais, ele apontou que ela se relacionou com um fazendeiro rico. Além disso, o atual companheiro de Lidiane, também, tem alto poder aquisitivo, segundo a defesa.

Carlos Sérgio ressaltou que não há razões para prisão preventiva. “Por que prender Lidiane? Que obstáculo ela criou à investigação que justificasse uma medida tão drástica como essa da prisão preventiva?” questionou. O advogado destacou que vai trabalhar para que a prisão seja revogada e não descartou a possibilidade de entrar com um pedido de habeas corpus.

Ouça a entrevista completa:

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.