Vilões invisíveis

Pichações, cada vez mais ousadas, sujam a capital

Atos de vandalismo são praticados até em pontos de difícil acesso.
Imirante.com18/01/2015 às 08h00

SÃO LUÍS - Difícil é encontrar uma casa ou prédio da capital maranhense que não esteja marcado por atos de vândalos, como as pichações. Com sua paisagem urbana cada vez mais poluída, São Luís mal consegue estampar a beleza de monumentos e prédios históricos.

Os pichadores sujaram, por exemplo, as praças Maria Aragão e Gonçalves Dias, no Centro. Ali perto, o Complexo do Jenipapeiro, da Capitania dos Portos, na avenida Beira-Mar, também, não foi poupado. E as ações são cada vez mais ousadas. Na escola Cintra, no bairro do Anil, por exemplo, as esculturas, bem no alto da fachada, não escaparam dos atos de vandalismo.

Veja fotos:

Foto: Neto Cordeiro/Imirante.com.
Foto: Neto Cordeiro/Imirante.com.
Foto: Neto Cordeiro/Imirante.com.
Foto: Neto Cordeiro/Imirante.com.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.