Pela paz

Em celebrações, igrejas católicas destacam 2015 como ano da paz

Dia 1º de janeiro é comemorado o da Confraternização Universal e da Paz.
O Estado02/01/2015 às 07h12

SÃO LUÍS - O ano de 2015 é o da Paz, segundo orientação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e ontem, 1º de janeiro, foi comemorado oficialmente o dia internacional da Confraternização Universal e da Paz. Por isso, as igrejas católicas de São Luís reuniram seus fiéis para proclamar a paz. As missas começaram logo cedo. Às 7h da manhã, as igrejas de Nossa Senhora do Carmo, na Praça João Lisboa; e Nossa Senhora da Conceição, no Monte Castelo, já estavam com suas portas abertas.

Na do Carmo, às 8h, a missa foi celebrada pelo frei Rogério Beltrame. Com 90 anos, ele destacou que a paz verdadeira não é a ausência de guerras, mas a ausência de conflitos, que são ocasionados pelo diabo. Quem participou da celebração destacou a importância do momento. O estudante Jorge Ribeiro, de 21 anos, foi um dos que compareceram no horário à igreja. Católico praticante, ele conta que foi acompanhar um amigo, padre, que foi participar da liturgia. Aproveitou para se confessar e agradecer a Deus pelo ano que se iniciou.

“É importante e essencial estar aqui para pedir bênçãos e agradecer. O ano passou rápido e às vezes a gente nem se lembra de se voltar para Deus. Eu diria mais, que estar aqui é uma necessidade”, afirmou.

Em outras paróquias de São Luís, as missas começaram às 17h, todas tendo a paz como tema principal. Segundo a programação da CNBB, o ano da paz teve início em novembro de 2014 e segue até o Natal deste ano. Para o órgão, que congrega os bispos da igreja católica no Brasil, a paz está relacionada com as relações, pois é a partir dela que nascem os novos relacionamentos, além de ser indispensável para o equilíbrio das relações.

Leia mais na edição desta sexta-feira de O Estado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.