Transferência

"Condições de funcionamento estavam insalubres", diz delegada-geral sobre RFFSA

Cristina Meneses comentou mudança do Plantão Central e de outras delegacias.
Maurício Araya / Imirante12/03/2014 às 08h14

SÃO LUÍS – Neste mês, conforme antecipou o Imirante.com nessa terça-feira (11), o Plantão Central de Polícia Civil em São Luís vai ser transferido do antigo prédio da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), na Beira-Mar, para um edifício localizado no Parque do Bom Menino. O local abrigará, também, o 1º Distrito Policial (DP), as delegacias de Costumes, de Meio Ambiente e Fazendária e, ainda, a Policia Interestadual (Polinter).

Nesta quarta-feira (12), a delegada-geral da Polícia Civil do Maranhão, Cristina Meneses, esclareceu os motivos que levaram à mudança. "Primeiramente, as condições de funcionamento ali, que estavam insalubres até. O prédio foi se deteriorando, e não há interesse do Estado em produzir uma reforma ali, porque o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) vai transformar todo aquele prédio da RFFSA em museu. Inclusive, já nos pediram para esvaziar o prédio", disse em entrevista ao Imirante.comouça na íntegra. No ano passado, o Iphan anunciou que o prédio será transformado em Complexo Cultural e Turístico. O trabalho de revitalização do espaço contará com recursos do "PAC Cidades Históricas", do governo federal.

O Plantão Central será transferido até o fim do mês. Já as outras delegacias que funcionavam na Beira-Mar passarão a funcionar no novo edifício em um período que varia entre dois a três meses, de forma gradual. "As delegacias que funcionavam no prédio da Rffsa já estão, temporariamente, funcionando juntamente com outras delegacias, e, logo que conseguirmos finalizar as adaptações nesse prédio do Parque do Bom Menino, elas todas serão colocadas ali", explica a delegada-geral.

Os prédios do Parque do Bom Menino são alugados. Questionada pelo Imirante.com se a mudança seria temporária ou permanente, Cristina Meneses afirmou que o objetivo é "permanecer nesse prédio o tempo que for preciso até que a gente consiga construir prédios, ou um prédio, para abrigar todas essas delegacias".

Reformas

Também já foram transferidos Delegacia de Turismo e Batalhão de Turismo, que funcionavam em prédios condenados pelo Corpo de Bombeiros e perícia. Em algumas delegacias onde a transferência não poderá ser feita, a Polícia Civil fará a reforma dos espaços.

O Instituto de Identificação do Maranhão será reformado, já que abriga grande tecnologia e o local, ainda, traz comodidade para a população em geral. O Departamento de Narcóticos (Denarc) será transferido para um prédio próximo à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

O 9º DP, no São Francisco, também, será transferido, temporariamente, até que a Polícia Civil consiga um terreno doado pelo Estado para construção de um prédio com instalações adequadas para funcionários e população.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.