Fiscalização

PM coibirá consumo de bebidas alcoólicas em postos de combustível

Intenção é reduzir casos de acidentes envolvendo condutores sob efeito de álcool.
O Estado08/02/2014 às 08h40

SÃO LUÍS - Postos de combustível, localizados no bairro do Turu, São Cristóvão e ao longo da Avenida dos Holandeses em São Luís, serão o primeiro alvo de uma operação que será desencadeada nesse fim de semana pela Polícia Militar (PM), que coibirá o consumo de bebidas alcoólicas nas dependências desses estabelecimentos. A atividade, desenvolvida pelo Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), tem o objetivo de reduzir os índices de poluição sonora, a quantidade de acidentes de trânsito com motoristas de veículos com nível além do permitido de álcool no sangue e diminuir o risco de explosões em postos.

A ação é resultado de uma reunião realizada na semana passada entre e a PM e o Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (SindCombustíveis). A fiscalização será realizada em locais, previamente mapeados pela PM, em que, rotineiramente, jovens costumam se reunir para consumir bebidas alcoólicas, drogas e ouvir, em grande proporção, som automotivo.

Reforço

De acordo com o tenente-coronel Marco Antônio Alves, comandante do CPM, a operação, também, tem o intuito de garantir a ordem pública, evitando abusos cometidos por jovens que, sob o efeito de bebidas alcoólicas, são responsáveis por brigas e poluição sonora.

Ele explicou que, durante as atividades, serão feitas incursões nos postos onde estiverem acontecendo esses eventos clandestinos. Ao serem constatadas as irregularidades, os policiais pedirão que os usuários diminuam o volume do som e encerrem o consumo de bebidas. Caso haja algum tipo de resistências, os responsáveis poderão ser detidos e encaminhados para distritos policiais.

"Esses eventos acontecem de forma clandestina em postos de combustíveis. Nosso objetivo é coibir os abusos cometidos pelas pessoas que vão aos postos de combustíveis, consomem bebidas alcoólicas e utilizam som automotivo, o que não é permitido", afirmou o tenente-coronel Alves.

De acordo com o comandante do CPM, essas "festas" causam prejuízos para toda a sociedade, por isso elas devem ser coibidas. "Há uma perturbação do sossego por causa da poluição sonora. Além disso, o estado de embriaguez tem levado pessoas a discutir e brigar nos postos. Com tudo isso, temos a interrupção dos serviços oferecidos pelos postos", afirmou.

Importância

Para o presidente do SindCombustíveis, Orlando Santos, a ação da Polícia Militar é importante, pois contribuirá para diminuir a quantidade ocorrências e acidentes relacionados com os abusos cometidos pelos jovens nesses estabelecimentos.

"Apoiamos a iniciativa da Polícia Militar, pois temos recebidos muitas reclamações de donos de postos de combustíveis sobre tumulto causado pela aglomeração de jovens, que começam a beber e utilizar som automotivo. São coisas que não combinam com os postos de combustíveis, além de representar um desrespeito com o usuário e com os funcionários dos postos", frisou Orlando Santos.

Reforço na segurança está garantido no fim de semana

Além das ações para coibir o consumo de bebidas alcoólicas nas dependências dos postos de combustível, a PM também reforçará a segurança nos pontos onde serão realizadas festas pré-carnavalescas neste fim de semana, em São Luís. A intenção é garantir a tranquilidade de foliões durante as festas.

Para este fim de semana, serão disponibilizados mais de 400 policiais militares, que serão responsáveis pela segurança em 17 pontos de concentração de folia espalhados pela Grande Ilha. O tenente-coronel Alves explicou que as atividades realizadas neste sábado (8) e domingo (9) serão desenvolvidas de forma semelhante àquelas que foram operacionalizadas nos fins de semana passados.

Ao logo das atividades, serão formadas barreiras policiais para abordagem de pessoas em atitude suspeita, com o objetivo de para apreender armas, munições e drogas. A operação, também, inclui blitz, que serão montadas nas avenidas de maior fluxo de veículos, e incursões em pontos estratégicos.

A PM utilizará efetivo a pé, motocicletas e carros para o patrulhamento. Além disso, homens do Esquadrão de Polícia Montada (EpMont), a cavalaria, também atuarão para reforçar o policiamento.

Mais

Conforme a lei aprovada pela Câmara Municipal de São Luís em setembro de 2009, é proibida a venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniências de postos de gasolina após as 2h da madrugada. No entanto, muitos clientes compram antes desse horário, mas permanecem nos estacionamentos das conveniências consumindo o produto e promovendo encontros de sons automotivos, causando transtornos para a sociedade.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.