Acidente

Jovem que caiu de brinquedo apresenta lesão neurológica grave

Segundo médico, Jhonatha Costa apresenta risco de ficar em estado vegetativo.
Diego Torres / Imirante.com26/09/2013 às 11h12

SÃO LUÍS – Em coma há 11 dias, o jovem Jhonatha Costa, que caiu do brinquedo Tapetto volante durante uma festa em São Luís, tem até 80% de risco de ficar em estado vegetativo. A informação foi confirmada ao Imirante.com pelo médico Emílio Carneiro, que acompanha seu quadro de saúde.

Jovem Jhonatha Costa que caiu de um brinquedo em São Luís durante festival de música/ Foto: Arquivo Pessoal

De acordo com o profissional, a lesão provocada pela queda causou graves danos ao cérebro de Jhonata, por ter atingido áreas nobres da cabeça, como o córtex cerebral. “É como se o cérebro dele estivesse desligado por causa do rompimento de neurônios”, resumiu o neurologista.

Desde que foi internado num hospital particular de São Luís, Jhonatha teve febre e não apresentou nenhum sinal de melhora em seu quadro clínico.

Relembre o caso

Jhonatha Costa caiu do brinquedo Tapetto volante durante a festa “Playground” realizada no Espaço Reserva, ao lado de um shopping, no Bairro do Maranhão Novo. Ele foi socorrido e levado ao hospital, onde permanece em coma.

No mesmo dia, a Polícia Civil determinou que fosse instaurado um inquérito para apurar as causas do acidente. A superintendente de Polícia Civil da Capital, Delegada Katherine Chaves, informou que, nesse caso, a responsabilidade era tanto dos organizadores da festa, quanto dos donos do brinquedo.

No dia seguinte à festa, já na segunda-feira (16), peritos do Instituto de Criminalística (Icrim), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão (Crea-MA) e do Grupo de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros estiveram no local para preparar um laudo técnico e identificar as causas do acidente.

Vistoria do brinquedo Tapetto/ Foto: Biné Morais/O Estado

Por telefone, o diretor do Icrim, Carlos Henrique Roxo, disse que o laudo, ainda, não está concluído. Também, por telefone, a assessoria do Marafolia – organizadora do evento - disse que não vai se posicionar sobre o assunto e a direção do Parque de Diversões não foi encontrada até a publicação desta matéria.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.