Intercâmbio

Policiais americanos falam sobre segurança a magistrados do Maranhão

Os palestrantes falarão sobre técnicas básicas de segurança, proteção contra possíveis ameaças e o uso das redes sociais por membros da magistratura.
Imirante com informações da Assessoria19/06/2013 às 10h48

Desembargadores e juízes maranhenses participam nesta sexta-feira (21), às 9h, no auditório do Fórum Des. Sarney Costa (Calhau), de palestra sobre segurança pessoal e institucional com o coronel da polícia norte-americana Charles Saba, instrutor oficial da Swat e comandante da US Police Instructor Teams (US-PIT).

O evento – promovido pela Comissão de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), com apoio da Diretoria de Segurança – terá a participação dos instrutores Richard Rippy e Shene McSheehy.

Os palestrantes falarão sobre técnicas básicas de segurança, proteção contra possíveis ameaças e o uso das redes sociais por membros da magistratura. Os temas apresentados terão tradução simultânea. Poliglota, Charles Saba também domina o português.

Presidente da Comissão, e hoje defensor intransigente de um novo perfil na cultura em segurança judicial, o desembargador Raimundo Barros integrou a primeira turma de magistrados estaduais a ir aos Estados Unidos, em março, para curso no Condado de Lake, na Flórida. "Estou convicto de que o magistrado maranhense tem muito a avançar nessa área. Ainda bem que saímos na frente da maioria dos estados", assegura.

A palestra com os instrutores norte-americanos é uma ação do programa de política de segurança institucional do TJMA, definida durante a gestão do desembargador-presidente Antonio Guerreiro Júnior. O curso nos EUA, por sinal, foi sugerido pelo presidente no ano passado, no Rio, onde conheceu detalhes sobre o treinamento durante reunião de Colégio de Presidentes de TJs.

"Pretendemos convencer os magistrados a uma mudança de paradigma em questões que envolvem segurança pessoal e familiar, e da instituição onde atuam”, explica o diretor de Segurança Institucional, capitão Alexandre Magno de Souza Nunes.

EXPERIÊNCIA – Charles Saba é comandante da US Police Instructor Teams (US-PIT). Com 20 anos de experiência na criação e implementação de treinamento policial, capacita mais de mil profissionais por ano, entre membros do Judiciário, Ministério Público, Polícia Federal, Forças Armadas, Polícia Civil, Polícia Militar, policiais rodoviários, bombeiros e guardas municipais. No Brasil, ele é responsável pela implantação do sistema Taser.

Este ano, cerca de 40 magistrados e servidores do Judiciário maranhense participaram de curso de segurança nos Estados Unidos, ministrado por Charles Saba e equipe da ativa da SWAT. A unidade da polícia norte-americana é formada por policiais treinados para reduzir riscos associados a situações de emergência.

Em maio passado, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou proposta de resolução que institui o Sistema Nacional de Segurança do Poder Judiciário (SINASPJ). As diretrizes, medidas, protocolos e rotinas de segurança devem ser seguidos por todos os tribunais brasileiros.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.