Prisão

PM prende suspeitos de executar homem no ano passado

Imirante06/06/2013 às 16h53

SÃO LUÍS- A Polícia Militar prendeu na manhã desta quinta-feira (6), Anderson Leal Silva e Ismael Monteiro Martins, o Mael. Eles foram presos após investigação da polícia da morte de um ex-funcionário de uma galeteria que foi assassinado, em março do ano passado. Desde então, a polícia estava investigado o caso do assassinato de Gerson de Sousa Froz de 24 anos.

De acordo com a polícia, o assassinato aconteceu por que Gerson havia pedido um dinheiro emprestado para Bruno Silva da Encarnação, autor do crime que ainda está foragido. Ele pediu o dinheiro para pagar a emissão da carteira de habilitação, mas o dinheiro tomou outro destino e o ressarcimento do empréstimo não aconteceu. A vítima e o autor ainda do crime chegaram ainda a discutir. Na mesma ocasião, Bruno ameaçou o Gerson de morte.

Algumas semana depois, Anderson que era amigo em comum dos dois ligou para a vítima dizendo que Ismael queria comprar a moto que ele estava vendendo. Eles marcaram o encontro para fechar o negócio, o que não aconteceu. Na casa onde estavam Gerson foi executado. A moto da vítima ainda foi vendida e levada para a cidade de Barreirinhas.

A prisão ainda é temporária, mas a polícia já pediu a prisão preventiva. Eles responderão por crime de latrocínio.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.