Polícia

Operação da Polícia Civil apreende mais de 1.500 cabeças de crack

Divulgação/SSP 22/03/2013 às 14h13

ALCÂNTARA - Uma operação deflagrada, na noite da última quarta-feira (21), pela Polícia Civil, em Alcântara, estourou um ponto de venda de drogas naquele município. Na ação, foram apreendidas 1.850 petecas de crack, armas e dinheiro. O material e o entorpecente, avaliados em R$ 10 mil, foram encontrados em uma residência no bairro Praia. No local, Sebastião Duarte Amorim, conhecido como “Bar”, de 25 anos, foi detido.

Durante as investigações, coordenadas pelo delegado titular de Alcântara, Jarbas Batista Junior, foi constatado que na residência de “bar” havia uma grande movimentação de pessoas. “Com base nos levantamentos e monitoramentos realizados no bairro Praia, foi verificado que todas as pessoas iam ao local teriam como finalidade comprar drogas”, comentou o delegado.

Após o processo investigatório, o delegado solicitou ao Poder Judiciário a prisão de “Bar”. Os mandados de buscas e apreensão foram expedidos pelo Juiz Marco Aurélio, da Comarca de Alcântara.

Nas buscas realizadas na casa do suspeito, os policiais apreenderam 20 petecas de crack, dois revolveres, sendo um calibre 38 municiado, e uma espingarda calibre 16, além da quantia de R$ 234.

Após receber voz de prisão, Sebastião Duarte foi encaminhado ao distrito policial. Ao ser interrogado, ele delatou que havia alugado uma quitinete, na área conhecida como “Toca do lobo”, para esconder o entorpecente. No local, foram apreendidas mais 1.830 petecas de crack. De acordo com o delegado Jarbas, cada peteca era revendida ao valor de R$ 5.

No distrito policial, Sebastião foi autuado em flagrante por tráfico e porte ilegal de arma de fogo. Ele ficará detido aguardando decisão judicial.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.