Instrução

Feirantes recebem orientações sobre transporte e armazenamento de pescado

04/03/2013 às 21h34

SÃO LUÍS - Feirantes do Mercado Central receberam, na tarde desta segunda-feira (4), no Parque do Bom Menino, orientação sobre as adequações necessárias ao manejo e transporte dos alimentos. A palestra foi dada por técnicos da Vigilância Sanitária e Epidemiológica da Secretaria de Saúde (Semus) aos profissionais que comercializam pescado.

O evento é o primeiro de uma série que deverá ocorrer durante o ano. As ações visam o acompanhamento e orientação dos comerciantes para que seja evitada a contaminação do produto por meio de práticas erradas de armazenamento.

Dados dos próprios feirantes apontam que, atualmente, são comercializados por mês, somente no Mercado Central, cerca de 80 mil quilos de pescado. Em muitos casos, a produção é trazida da cidade de Belém (PA) e de municípios maranhenses como Raposa e Turiaçú.

O comerciante Sebastião Oliveira afirmou que, há quatro anos, não acontecia reunião entre a classe e o poder público. Para ele, hoje o maior problema está justamente no transporte e a intenção de adequar e resolver de forma conjunta o problema é extremamente importante. “Só quem lucra é a sociedade que terá um produto com mais qualidade”, afirmou.

De acordo com a engenheira de alimentos, Ambrosina Viana, que ministrou treinamento, esse é o começo de um trabalho que deve ser constante por parte de todos os envolvidos. “Nossa intenção é dar informações suficientes para que eles possam melhorar o manuseio do pescado e acabem os riscos de contaminação do produto”, acrescentou.

Cuidados

Para o transporte e acondicionamento do pescado devem ser utilizadas caixas térmicas limpas e higienizadas adequadas ao transporte dos peixes. A qualidade do gelo utilizado para a conservação também é importante. Este deve ser específico para a conservação de alimentos para que não haja contaminação do produto.

As informações são da Prefeitura de São Luís.

Para ler mais notícias do Imirante, clique em imirante.com. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.