Polícia

Desarticulada quadrilha especializada em 'saidinhas bancárias'

Para a polícia, eles pertencem à quadrilha do assaltante morto ao tentar assaltar uma advogada.
Imirante* 08/02/2013 às 20h09

SÃO LUÍS - Três homens foram presos, na tarde desta sexta-feira (8), acusados de participarem de uma quadrilha especializada em roubos e "saidinha bancária". A Polícia Militar chegou aos bandidos por meio de uma denuncia anônima. Eles foram presos no bairro do Angelim, em São Luís.

Segundo informações, os policiais realizaram uma campana em frente a uma concessionária de veículos da capital, onde o trio tinha a informação que um funcionário da empresa iria fazer um depósito na quantia de R$ 36 mil.

Elielson Gonçalves Lima, de 41 anos; Ari Vieira de Sales, 44 anos e Marcio Alencar Dutra, o “Alemão”, de 25 anos, todos natural de Teresina (Piauí), foram interceptados pela equipe policial num veículo Prisma prata de placa da cidade de Chapadinha e em uma moto Honda CB 300, preta.

Flora Dolores / O Estado

Em poder deles, a polícia encontrou um revólver calibre 38 municiado. Em depoimento ao delegado de polícia, Rodson Almeida, titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), os três relataram que já teriam passagem pela polícia pelo delito de roubo. Além disso, Marcio Alencar responde também na sua terra natal, pelo crime de homicídio.

Flora Dolores / O Estado

Eles foram autuados pelo crime de porte ilegal de arma. Após os procedimentos formais, eles foram encaminhados para o Centro de Triagem de Pedrinhas.

Para a polícia, o trio pertence a mesma quadrilha do assaltante Auclines de Menezes Costa, o “Piau”, morto com dois tiros na cabeça, em frente à agência do Bradesco, na Avenida dos Holandeses, no Calhau, ao tentar assaltar uma advogada.

Para ler mais notícias do Imirante, clique aqui. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

* Com informações da SSP

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.