Saúde

Diretor do Socorrão I nega desperdício de alimentos doados

"Estamos fazendo mágica com quase nada de dinheiro”, ressaltou Yglésio Moyses.
Imirante, com informações da Mirante AM 21/01/2013 às 12h01

SÃO LUÍS – O diretor-geral do Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), Yglésio Moyses, negou as denúncias que os alimentos doados à instituição de saúde estariam estragando por não uso, em entrevista à rádio Mirante AM, na manhã desta segunda-feira (21).

“Não houve estrago. O que estragou foi um pouco de tomate e cebola, alimentos que são perecíveis e, portanto, por vezes estragam. Não vamos colocar alimentos estragados para o povo. É óbvio que esses alimentos serão descartados, mas foram pequenas perdas. A maioria imensa das doações foram gêneros não perecíveis, que estamos colocando dentro do hospital”, explicou Yglésio Moyses.

Segundo o diretor-geral, essa foi a melhor alimentação já servida aos pacientes. “A alimentação que estamos fornecendo com as doações foi a melhor já servida dentro do hospital nesses últimos 8 anos”, frisou. “Não está tendo desperdício de comida, os pacientes e funcionários estão satisfeitos. Estão tentando manchar uma coisa muito bonita que foi um espetáculo de solidariedade da população de São Luís”, completou.

Sobre os repasses dos recursos, Yglésio Moyses afirma que ainda não recebeu a verba para administrar o Socorrão I. “Ainda não tivemos repasse dos recursos. E estamos resolvendo os atrasos da gestão anterior. Estamos fazendo mágica com quase nada de dinheiro”, concluiu.

Para ler mais notícias do Imirante, clique aqui. Também siga o Imirante no Twitter e curta nossa página no Facebook.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.