Para Estrangeiros

Já chega a 388 o total de autorizações de trabalho para estrangeiros no MA

Uma das atividades que mais atrai trabalhadores estrangeiros é o serviço a bordo de embarcações.
O Estado 27/10/2012 às 09h20

SAO LUÍS - Com o anúncio de mais de R$ 120 bilhões em investimentos públicos e privados no Maranhão, ano a ano tem se registrado aumento das autorizações temporárias e permanentes de trabalho para profissionais estrangeiros no estado. Em 2009, quando começou esse ciclo de atração de investimentos, as autorizações não passavam de 11, enquanto agora este ano (até setembro) já somam 388.

Uma das atividades que têm atraído trabalhadores estrangeiros é o serviço a bordo de embarcações ou plataforma voltadas para a exploração de petróleo. Os investimentos nessa área estão crescendo com a presença de grandes empresas no estado, como a Petrobras e a OGX. Este ano, 67 profissionais de outros países conseguiram autorização para trabalhar no Maranhão.

Segundo informações do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 186 profissionais estrangeiros na condição de artista ou desportista sem vínculo empregatício receberam autorização este ano para trabalhar no Maranhão. Também integram a lista, 77 trabalhadores que atuam na área de assistência técnica, cooperação técnica e transferência de tecnologia sem vínculo empregatício.

Ainda receberam autorizações, 32 estrangeiros para trabalho de assistência por prazo determinado de 90 dias, sem contrato de trabalho, 16 especialistas com vínculo empregatício, cinco investidores pessoa física e três profissionais que atuam nas áreas de administração, diretoria, gerência e executivos com poderes de gestão.

Dos 388 profissionais estrangeiros que conseguiram autorização para trabalhar no Maranhão este ano, 85 são oriundos dos Estados Unidos, 38 do Reino Unidos e 34 da Alemanha. Os 231 trabalhadores restantes são identificados como outros pelo Ministério do Trabalho.

Brasil - Nos nove meses deste ano, o Ministério do Trabalho e Emprego concedeu um total de 55.009 autorizações temporárias e permanentes de trabalho para profissionais estrangeiros, um crescimento de 5% em relação ao mesmo período no ano anterior.

Os fatores que mais contribuíram para o aumento foram, principalmente, os vistos humanitários concedidos aos haitianos, as autorizações para trabalho de especialistas estrangeiros no Brasil e para técnicos estrangeiros responsáveis pela instalação de máquinas e equipamentos importados e assistência técnica/transferência de tecnologia.

O setor que mais demanda mão de obra estrangeira no país é o da indústria do óleo e gás, representando 30% de todas as autorizações de trabalho concedidas no período. O requisito básico para a vinda de profissionais estrangeiros ao Brasil é que esses profissionais não ocupem vagas que possam ser preenchidas por trabalhadores brasileiros.

Saiba mais

A autorização de trabalho, concedida pelo MTE, é exigida pelas autoridades consulares brasileiras, em conformidade com a legislação em vigor, como requisito para a concessão de vistos temporários e, em certos casos, de vistos permanentes a estrangeiros para trabalho no Brasil.

Números

186 Profissionais estrangeiros na condição de artista ou desportista receberam autorização para trabalhar no estado

67 Profissionais receberam autorização para trabalhar a bordo de embarcações ou plataformas este ano no MA

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.