Praça

Gonçalves Dias é alvo de depredação

Bancos de madeira, pedras de mármore e luminárias estão sendo destruídos.
O Estado 06/10/2009 às 06h35

SÃO LUÍS - A Praça Gonçalves Dias, um dos mais belos cartões-postais de São Luís, localizada no centro da cidade, é alvo de atos de vandalismos. Os bancos de madeira, as pedras de mármore que revestem a praça e as luminárias estão sendo destruídos.

Os bancos estão sendo arrancados e as tábuas folgadas, causando riscos às pessoas que aproveitam a praça para descansar. Os poucos bancos intactos estão pinchados com corretivo ortográfico. "Todos os dias, depois do almoço, venho descansar na praça, mas a madeira dos bancos está toda solta ou folgada, o que é um perigo muito grande", alertou a comerciante Dinara Silva.

A agente administrativa Karla Sousa disse que, além da falta de cuidado com a preservação, a questão da segurança é um problema que também causa transtornos. "A praça é um dos caminhos que uso para ir para casa depois do trabalho, no fim do dia. Logo que entregaram a praça reformada, sempre havia guardas, hoje não existe nenhum segurança e quase todos os dias têm assaltos aqui", denunciou.

Depredação

O padre da Igreja dos Remédios, Ademir de Carvalho, destacou que a falta de segurança é um dos principais motivos para a depredação da praça. "Há um ano quando retiraram a vigilância permanente do local e o trailler da vigilância, começaram os atos de vandalismos, principalmente à noite", denunciou.

Segundo os limpadores de carros que trabalham no local, os skatistas transformam os bancos, estruturas e meio-fios em plataforma para a prática de sua atividade esportiva. "Todos os dias, no fim da tarde, eles vêm de skate. Um dos bancos foi até solto do chão. Nos reunimos e arrumamos o banco, que agora usamos para descanso", afirmou o flanelinha José Diniz.

Secretária Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) informou que já foi realizado levantamento sobre a situação da Praça Gonçalves Dias e há um projeto de reestruturação e reforma, que será executado em parceria com o Instituto Municipal de Paisagem Urbana (Impur).

Mais

Desde 1955, a Praça Gonçalves Dias, é tombada como patrimônio pelo Governo Federal. Diante das denúncias Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) informou, por meio de sua superintendência, que vai mandar uma equipe para fazer uma inspeção técnica no local e mandar o laudo para o Ministério Público, para que averiguar os culpados.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.