Luto

Morre aos 103 anos a chefe da Casa de Nagô

imirante.com 13/06/2008 às 17h19

SÃO LUÍS – Morreu na madrugada de hoje aos 103 anos, Lucília Maria de Jesus, chefe da Casa de Nagô. Mãe Lúcia estava internada há vários dias em um hospital da capital com problemas respiratórios. O velório está sendo realizado na Casa de Nagô, que fica na Rua Cândido Ribeiro, 799. O enterro vai ser amanhã às 9h no Cemitério do Gavião.

Mãe Lúcia, respondia pela chefia do terreiro que freqüentava desde os 12 anos de idade e que conduzia com firmeza na condução dos rituais da casa.

Casa de Nagô - A origem da Casa de Nagô se perde no tempo, embora a memória oral dos integrantes da Casa atestem que a mesma teria sido fundada por negros “malungos” africanos, e tendo dona Josefa como a sua primeira liderança, isso por volta do ano de 1792.

Na linha sucessória de chefia do terreiro, percebe-se que a mesma se dá de acordo com a ordem de idade, bem como a competência em relação ao culto.

Dessa Casa, que influenciou de maneira marcante vários outros locais semelhantes pelo Maranhão afora. Há um calendário tradicional da Casa que mantém festas nos meses de janeiro, fevereiro, abril, maio, junho, julho, agosto, outubro e dezembro.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.