Reviravolta

Familiares viram suspeitos de assassinar menino de 12 anos em São José de Ribamar

Criança foi encontrada com disparo na cabeça, na casa onde vivia com os pais, em São José de Ribamar.
Imirante.com, com informações do G1 Maranhão22/01/2021 às 21h52
Familiares viram suspeitos de assassinar menino de 12 anos em São José de RibamarMorte do menino João Pedro ocorreu em outubro de 2020, em São José de Ribamar. (Foto: Alessandra Rodrigues / Mirante AM)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR - Uma mãe, um pai, um tio e uma avó se tornaram os principais suspeitos do assassinato do menino João Pedro Moraes de Lima, de 12 anos, ocorrido em outubro de 2020. Na época, os pais relataram à polícia um caso de suicídio, que agora foi desmentido pelas investigações.

Relembre o caso: Criança é encontrada morta em casa com disparo de arma de fogo em São José de Ribamar

Após as investigações, um laudo do Instituto Médico Legal (IML) constatou que a arma entregue pelos familiares não foi a mesma usada na morte de João Pedro. Além disso, a perícia comprovou que João Pedro não se matou porque não havia vestígios de disparo nas mãos do menino.

Nesta quinta-feira (21), a Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça e apreendeu os celulares da mãe, do pai, do tio (policial reformado) e também de uma avó de João Pedro, que agora são os principais suspeitos do crime.

Acesse o G1 Maranhão e confira a matéria completa.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.