Na Região Metropolitana

Polícia cumpre mandados de prisão contra suspeitos de crimes de estupro e lesão corporal

As prisões foram feitas em operação policial realizada nessa sexta-feira (29).
Imirante.com, com informações da SSP-MA30/05/2020 às 10h59
Polícia cumpre mandados de prisão contra suspeitos de crimes de estupro e lesão corporalA prisão dos dois suspeitos foi feita por intermédio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) (Foto: divulgação)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR - A Polícia Civil deu cumprimento a dois mandados de prisão, contra suspeitos de praticarem crimes de estupro de vulnerável e lesão corporal. A operação foi em operação realizada, nessa sexta-feira (29), na Região Metropolitana de São Luís.

A prisão dos dois suspeitos foi feita por intermédio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), em ação coordenada pela Seccional Leste em conjunto com agentes da Guarda Municipal lotados na Delegacia de Polícia de São José de Ribamar.

De acordo com a polícia, os mandados de prisão são referentes à suposta prática dos crimes previstos nos Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e no Código Penal (art. 217-A).

Segundo a polícia, o primeiro mandado de prisão cumprido foi contra um dos suspeitos que, em conjunto com outra pessoa, dopou, estuprou e divulgou imagens de uma menor de idade, vítima do referido crime.

Também foi cumprida a prisão decorrente de sentença condenatória pelo crime de Lesão Corporal em desfavor de outra pessoa, morador do bairro Alto do Turu, bairro Parque Vitória, o qual foi condenado pela prática do crime previsto no artigo 129, parágrafo 1º do Código Penal Brasileiro (ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem). Consta, em relação a esse caso, que o autor, após discussão com um vizinho, desferiu golpes de faca contra ele.

Os dois suspeitos presos ficarão à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.