Dezenove anos depois do crime

Preso, em Santa Luzia, acusado de matar a mulher no Estado da Paraíba

Antônio Barbosa de Figueiredo é acusado de ter assassinado a mulher em 1998.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil do Maranhão22/08/2017 às 15h13

SANTA LUZIA - A Polícia Civil do Maranhão, por meio do Departamento de Feminicídio da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP) e Delegacia de Santa Luzia, deu cumprimento nessa segunda-feira (21) a um mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça da Paraíba, contra Antônio Barbosa de Figueiredo, conhecido como “Toinho do Bar”.

O homem é acusado de ter assassinado a mulher no ano de 1998, na cidade de Barra de Santana, no Estado da Paraíba. Segundo a polícia, após o crime, Antônio Barbosa fugiu para o município de Santa Luzia, no Maranhão, onde se casou novamente e teve mais dois filhos.

A polícia chegou até Antônio após a Delegacia Seccional de Queimadas da Paraíba receber uma denúncia anônima informando o paradeiro do acusado. Através de trocas de informações entre as autoridades policiais do Maranhão e da Paraíba, foi possível fazer a prisão de Antônio Barbosa, o qual ficará custodiado no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, até ser recambiado para o distrito da Paraíba.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.