Maranhão no pódio

Estudantes maranhenses disputam competição nacional de robótica

Alunos foram classificados para o Torneio Nacional de Robótica, que vai ocorrer em dezembro deste ano, no Estado de São Paulo.
Imirante.com, com informações do G125/08/2021 às 10h34
Estudantes maranhenses disputam competição nacional de robóticaA equipe conquistou o 1º e o 2º lugar na categoria ‘Batalha de Robôs Sumô”, que ocorreu em Codó. (Foto: Reprodução / TV Mirante )

SANTA INÊS - Os alunos do 2ºano do ensino médio do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA-MA), do município de Santa Inês, cidade distante 250 km de São Luís, foram classificados para o Torneio Nacional de Robótica, que vai ocorrer em dezembro deste ano, no Estado de São Paulo.

Leia também:

Estudantes optam por retorno gradual e híbrido, afirma pesquisa da Abmes

A equipe conquistou o 1º e o 2º lugar na categoria ‘Batalha de Robôs Sumô”, que ocorreu em Codó, município distante 290 Km de São Luís, contando com o time de 10 alunos do 2º ano do ensino médio.

Durante o campeonato, as máquinas programadas pelos estudantes são avaliadas. Segundo o professor de física e robótica, Jorge Silva, afirmou que o campeonato fomenta o cognitivo dos alunos. “Os nossos alunos aprendem a programar esses robôs para que eles possam simular situações reais da vida. No caso aqui ele vai simular o resgate de um objeto e o objetivo dele é resgatar esse objeto e trazer até esse local. Isso dentro da competição os nossos alunos vão pontuando e aquela equipe que consegue fazer isso com mais eficiência acaba ganhando a premiação e também a oportunidade de participar de eventos de outros níveis como níveis nacional e passando dessas etapas eles podem ir até para níveis internacionais de competição”, disse.

De acordo com a estudante Edna Freire, que levou o segundo lugar no campeonato, a participação do Estado do Maranhão vai colaborar para suas novas experiências no ramo da robótica. “A minha expectativa é que a gente possa ir não só pra ganhar troféus e trazer pra escola, mas que de lá possamos nos basear nos acontecimentos e trazer não só um troféu, mas também experiências porque nós entramos agora e já entramos ganhando e trazendo dois troféus, e isso é muito gratificante”, afirmou.

O professor Carlos Veras, disse que todo o roteiro de atividades para a elaboração do próximo desafio já está sendo montado. “ partir de agora a gente vai traçar um planejamento, uma grade treinos e que não atrapalhe também. Tem que ver a questão da pandemia, que ainda têm alunos que estão no sistema híbrido. A gente vai montar um sistema para treinar bastante e levar os meninos pra São Paulo pra competir e levar o nome de Santa Inês quem sabe pra fora do país disputando o torneio nacional e internacional de robótica”, contou.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.