Criminalidade

Preso suspeito de arrombar agências bancárias do interior do Estado

José Ribamar Santos do Carmo é apontado como participante de assalto a agência do Bradesco, na cidade de Coroatá.
Imirante.com16/11/2018 às 09h30
Preso suspeito de arrombar agências bancárias do interior do EstadoJosé Ribamar Santos do Carmo foi preso no povoado São Simão, em Rosário (Foto: divulgação)

ROSÁRIO - Foi preso, na última quarta-feira (14), pela Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), um suspeito de integrar um bando especializado em arrombar agências bancárias no interior do Estado.

De acordo com informações da polícia, o suspeito foi identificado como José Ribamar Santos do Carmo, conhecido como "Índio", de 39 anos. Ele foi preso no povoado São Simão, em Rosário.

A operação, que resultou na prisão de José Ribamar, foi deflagrada pelo Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras - DCRIF, da Seic, com vistas a dar cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva, expedido pelo juízo da Segunda Vara Criminal de Coroatá.

Após o furto do Banco Bradesco, em Coroatá, que aconteceu no dia três d outubro deste ano, diversos materiais de arrombamento foram apreendidos na residência do suspeito, que, na ocasião, conseguiu fugir da polícia.

Ainda segundo a polícia, também foram encontrados no imóvel documentos que demonstravam que o investigado exercia importante papel de liderança dentro de facção criminosa, no interior do Estado.

Desde então, o DCRIF realizava inúmeras diligências com vistas a prender "Índio". Este foi o terceiro envolvido preso pelo furto da agência do Banco Bradesco de Coroatá.

A polícia informou que também será dado cumprimento a Mandado de Prisão Definitiva, por tráfico ilícito de drogas, expedido pela Primeira Vara de Execuções Penais de São Luís.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.