''Sapatinho''

Suspeito é preso em Presidente Dutra por crimes de extorsão mediante sequestro

Segundo a Polícia Civil, alvos do suspeito eram funcionários de instituições financeiras do interior do Maranhão.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil10/10/2020 às 08h38
Suspeito é preso em Presidente Dutra por crimes de extorsão mediante sequestroPrisão foi realizada na cidade de Presidente Dutra, a 349 km de distância de São Luís. (Foto: divulgação / Polícia Civil)

PRESIDENTE DUTRA – A Polícia Civil do Maranhão prendeu, nessa sexta-feira (9), um homem suspeito de praticar crime de extorsão mediante sequestro, modalidade conhecida como ‘sapatinho’. A prisão foi realizada na cidade de Presidente Dutra, a 349 km de distância de São Luís.

Segundo informações da polícia, o crime é praticado quando o alvo da ação criminosa é um funcionário de instituições bancárias que, sob ameaça, é forçado a retirar valores do próprio banco e entregar ao sequestrador.

A polícia também informou que o suspeito preso é apontado como autor dessa modalidade criminosa contra funcionários do Banco Bradesco, na cidade de Paraibano, distante 507 km da capital maranhense.

Ainda de acordo com a polícia, esse é o segundo integrante do grupo atuante no Maranhão que é identificado e preso pelo Departamento de Combate ao Crime Contra Instituições Financeiras da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Dcrif/Seic). Também segundo a polícia, as investigações seguem para identificar e prender outros possíveis membros da organização criminosa.

Após o cumprimento do mandado de prisão temporária, expedido pelo juiz criminal da comarca de Paraibano, o suspeito foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.