IFMA

IFMA: campus firma parceria para políticas em terras indígenas

O acordo foi firmado entre o IFMA, Finai e Cemmar.
Imirante Imperatriz, com informações da assessoria10/05/2016 às 15h03

PORTO FRANCO - O Instituto Federal do Maranhão (IFMA), campus avançado Porto Franco firmou parceria, por meio de um termo de cooperação institucional, com o Centro Maranhense de Estudos Socioambiental e Assessoria Rural (Cemeaar).

O acordo estabelece que o IFMA vai atuar junto ao Cemeaar, à Comissão de Liderança da terra indígena Araribóia, a Fundação Nacional do Índio (Funai) e outras organizações e instituições na construção de um Plano Nacional de Gestão Territorial e Ambiental da Terra Indígena Araribóia.

O pedagogo do campus, Cleidson Marinho, ressaltou a importância da parceria. “Para além do ensino, pesquisa e extensão, o IFMA – Campus Avançado Porto Franco propõe-se a dialogar com os diversos projetos societários dos povos que habitam o campo em nossa região, visando sempre ampliar a qualidade social da educação técnica e profissional”, explicou Cleidson.

As terras dos índios Araribóia, onde vivem os povos Tentehar e Awá-Guajá, foram alvo recentemente de um incêndio florestal que resultou na devastação de quase metade de seu território. O acordo de cooperação institucional vai ter duração de dois anos e será dividido em duas etapas: diagnóstico e o plano de ação da terra indígena Araribóia.

A proposta é empoderar e dar autonomia aos povos indígenas envolvidos na ação por meio de encontros de lideranças, oficinas de sensibilização, etnomapeamento, oficinas de georreferenciamento, dentre outras atividades. “Com essa parceria, o IFMA busca inovações tecnológicas e metodológicas, objetivando contribuir na educação para o controle social dos territórios tradicionais em nosso Estado”, avaliou o diretor geral pro tempore Júlio César Nascimento Souza.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.