Na Baixada Maranhense

Suspeitos de homicídio e tráfico de drogas são presos no MA

A operação contou com a participação de investigadores da 6ª Delegacia Regional de Viana, da Delegacia de Penalva e da Força Tática da Polícia Militar.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil25/11/2021 às 13h24
Suspeitos de homicídio e tráfico de drogas são presos no MAOs presos encontram-se no sistema penitenciário à disposição da Justiça. (Arte: Imirante.com)

PENALVA - Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira(25), uma operação integrada entre a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) e Policia Militar do Maranhão (PM-MA) foi deflagrada no intuito de cumprir mandados de prisão no município de Penalva, região da Baixada Maranhense. Como resultado da ação policial, um homem foi preso temporariamente, apontado como o principal suspeito de cometer um homicídio.

Leia também:

Polícia cumpre mandado de prisão contra acusado de tráfico de drogas

Polícia Civil prende homem suspeito de tráfico de drogas

Segundo a Polícia Civil, as investigações apontam que, no dia 21 de fevereiro de 2021, o homem teria assassinado a vítima com disparo de arma de fogo com a motivação de uma desavença entre eles. Ainda de acordo com a PC, suspeito de vítima constantemente se ameaçavam.

De acordo com a Delegacia de Polícia Civil de Penalva, o preso já possui dois ciclos prisionais pelo crime de tráfico de drogas, já tendo cumprido pena no Complexo de Pedrinhas.

Na mesma ação, os policiais ainda prenderam em flagrante por tráfico de drogas, um segundo indivíduo, pois com mesmo foi apreendida uma relevante quantidade de maconha. Os presos encontram-se no sistema penitenciário à disposição da justiça.

A operação contou com a participação de investigadores da 6ª Delegacia Regional de Viana, da Delegacia de Penalva e de homens da Força Tática da Polícia Militar.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.