Irregularidades

Vigilância Sanitária do Estado fecha fábrica clandestina de remédios em Pedreiras

Uma grande quantidade de aguardente falsificada era vendida na cidade.
Imirante.com17/12/2014 às 17h07
Foto: Divulgação

SÃO LUÍS - Na manhã desta quarta-feira (17), uma fábrica clandestina de medicamentos foi fechada no bairro Seringal na cidade de Pedreiras no Maranhão. A informação foi confirmada pela assessoria da Vigilância Sanitária Estadual.

Foto: Divulgação

Durante a ação conjunta entre a Superintendência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Maranhão (Suvisa), Ministério Público e Polícia Civil de Pedreiras, foi encontrada uma vasta quantidade de embalagens, caixas e rótulos para fabricação de medicamentos. Gota do Zeca, Charque Verde, Diabetfim, Emagrecim, aguardente da Natuquímica e Cerveja Preta eram fabricados no local, que não possuía nenhuma condição sanitária para funcionar. Também foram encontrados vários tonéis de álcool, sacos de ervas e máquinas para lacres de embalagens.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A pessoa que foi encontrada no local informou que a residência havia sido alugada por um homem identificado como “Ronaldo”, que fora preso em flagrante no dia anterior, acusado de vender medicamentos falsificados. O homem informou que “Ronaldo” havia lhe convidado para trabalhar no local, mas nunca imaginou que tal atividade era irregular.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Produtos falsificados

Além da fábrica clandestina, a fiscalização encontrou uma grande quantidade de água ardente falsificada sendo vendida em Trizidela do vale e Pedreiras.

A Suvisa fiscalizou vários estabelecimentos comerciais para constatar a falsificação, após receber denúncia de uma empresa piauiense de aguardente, que suspeitou de que estavam falsificando seus produtos em Pedreiras.

Riscos à saúde

A Promotora de Justiça da Comarca de Pedreiras, Sandra Soares de Pontes, com atribuições na área do Consumidor e Saúde, participou da ação e alertou à população quanto ao uso dos medicamentos citados como remédios para emagrecer e até para diabetes, que podem causar sérios danos à saúde.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.