Investigação

Prefeito de Paulo Ramos e mais seis são presos por desvio de verba

Esquema desviou mais de R$ 90 mil do município, segundo a Secoor.
Imirante.com, com informações da Mirante AM05/07/2016 às 09h41

SÃO LUÍS – O prefeito de Paulo Ramos, Tancledo Lima Araújo, foi preso nesta terça-feira (5) por suspeitas de desvio de dinheiro público. Além dele, outras seis pessoas foram presas por envolvimento no esquema.

A investigação realizada pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Secoor) prendeu ainda, o irmão do prefeito, Joaquim Lima Araújo, que é secretário de Administração; José Alencar Miranda Carvalho, pai do Gláucio Alencar,acusado de mandar assassinar o jornalista Décio Sá; além de três empresários e um funcionário de uma das empresas alvos da operação.

Segundo o delegado Leonardo Bastian, o prefeito e o irmão dele são apontados pelo desvio de mais de R$ 90 mil da prefeitura de Paulo Ramos. Três empresas “de fachada”, ainda de acordo com ele, também foram alvos da investigação. Elas venceram processos de licitações por meio de fraude. As empresas são a Rio Anil Locações, JF Silva e a PGA Martins.

Essas empresas eram operadas por três pessoas da família Mansur e por José Alencar Miranda, que auxiliava o filho Gláucio durante fechamento dos negócios e cobranças, conforme explicou o delegado. (Ouça a entrevista à Rádio Mirante AM ao fim da matéria).

O prefeito, preso no interior, já está sendo encaminhado para a capital. Os outros foram presos em São Luís.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.