Em Paço do Lumiar

Polícia prende em flagrante homem suspeito de agredir ex-companheira

Suspeito, de 34 anos, foi preso no bairro Quinta, em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís.
Imirante.com13/04/2021 às 08h19
Polícia prende em flagrante homem suspeito de agredir ex-companheiraSuspeito foi identificado apenas como ''Cafeteira''. (Foto: divulgação / Polícia)

PAÇO DO LUMIAR – A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) prendeu, em flagrante, um homem suspeito de ter agredido sua ex-companheira, de 21 anos, nessa terça-feira (12), no bairro Quinta, em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís.

Segundo informação da polícia, o suspeito, de 34 anos, é conhecido como ‘Cafeteira’, foi preso pelos crimes de ameaça, injúria e lesão corporais agravadas na Lei Maria da Penha.

Lei Maria da Penha

A Lei Maria da Penha estabelece que todo o caso de violência doméstica e intrafamiliar é crime, deve ser apurado através de inquérito policial e ser remetido ao Ministério Público. Esses crimes são julgados nos Juizados Especializados de Violência Doméstica contra a Mulher, criados a partir dessa legislação, ou, nas cidades em que ainda não existem, nas Varas Criminais.

A lei também tipifica as situações de violência doméstica, proíbe a aplicação de penas pecuniárias aos agressores, amplia a pena de um para até três anos de prisão e determina o encaminhamento das mulheres em situação de violência, assim como de seus dependentes, a programas e serviços de proteção e de assistência social. A Lei n. 11.340, sancionada em 7 de agosto de 2006, passou a ser chamada Lei Maria da Penha em homenagem à mulher cujo marido tentou matá-la duas vezes e que desde então se dedica à causa do combate à violência contra as mulheres.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.