Estelionato

Maiobão: homem é preso dentro de banco após tentar usar procuração falsa

O documento tinha como suposta outorgante uma senhora que residia em São Paulo.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil03/12/2019 às 14h58
Maiobão: homem é preso dentro de banco após tentar usar procuração falsaCarlos Fiates Bezerra Vieira foi preso em flagrante delito pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica. (Foto: Divulgação)

PAÇO DO LUMIAR - A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital e a Delegacia Especial do Maiobão, prendeu nesta terça-feira (3), Carlos Fiates Bezerra Vieira. O homem foi preso em flagrante delito pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica.

Segundo a Polícia Civil, por volta das 12h desta terça, o gerente da agência do Banco do Brasil do Maiobão contatou o chefe de captura da unidade policial local, informando que Carlos Fiates estava na agência com uma procuração confeccionada no município de Presidente Juscelino, a qual parecia ser falsa.

O documento tinha como suposta outorgante uma senhora que residia em São Paulo, e, em contato com a gerente da conta, a informação foi de que a titular da conta não havia feito procuração que concedesse poderes para qualquer pessoa movimentar a conta dela.

Diante dos fatos, a polícia foi acionada e prendeu Carlos Fiates. Com o preso foram encontrados cartões de bancos e documentos (RGs) em nome de outras pessoas, procurações, inclusive dois RGs do próprio indivíduo e segundo o mesmo, um dos RGs, foi por ele confeccionado.

Ainda de acordo com polícia, informalmente, Carlos Fiates não assumiu ter responsabilidade na confecção da procuração apresentada no BB. Ele disser ter recebido o documento de um indivíduo de prenome Francisco, que viu há duas semanas e não sabe informar o endereço do mesmo. Entretanto, ao ser interrogado, Carlos disse que só falaria em juízo.

Após autuação, Carlos Fiates Bezerra Vieira foi encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.